Geane Masago

Um espaço todo seu para puro deleite do leitor, aqui voce encontrará a poesia intimista. Seja bem vindo.

Wind love

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

O canto


Em cada acorde
do violão um sonho.

Em cada sustenido

um cheiro de mato verde.

Em cada bemol

um tom de doçura.

Em cada clave

uma dança do mar sereno.

Em cada nota

um novo alvorecer.

Em cada dedilhado

a rede do pescador que pesca.

E quando as sereias cantam 

no infindo do mar
os apaixonados
cantam, se amam.

*


A poesia segue em frente

cantado, encantando,
mesmo sem som ter.
Professando
harmonicamente 
o amor!
Geane Masago
(10-12-2012)

Nenhum comentário:

Postar um comentário