Geane Masago

Um espaço todo seu para puro deleite do leitor, aqui voce encontrará a poesia intimista. Seja bem vindo.

Wind love

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Verso sem sentido



Bicho solto
apalpando o canhoto
interagi o entre-o-meio
aperta o peito
anda contra o vento
canta ao desalento
suga o cansaço
queima o juízo
lembra do laço
toca o silêncio
teme o medo
ouve uma canção
anda no contra-tempo
perturba o sono
segura o aço
vagueia sobre o
nevoeiro...

Ah, coração
mendigo
fisgado e,
traiçoeiro!
Geane Masago
(02-09-2012)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário