Geane Masago

Um espaço todo seu para puro deleite do leitor, aqui voce encontrará a poesia intimista. Seja bem vindo.

Wind love

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Breu

Gosto da inquietude mortal
da saliva amarga
do tijolos quebrados
do olho do gato
da voz incerta
do breu da noite
da lagrima esmagada
do grito gótico!

Posso ser preto ou branco,
tanto faz...
Nem todos os dias são pardos!
Geane Masago
(07-04-2013)

Nenhum comentário:

Postar um comentário