Geane Masago

Um espaço todo seu para puro deleite do leitor, aqui voce encontrará a poesia intimista. Seja bem vindo.

Wind love

terça-feira, 2 de abril de 2013

Sem fuga


Se eu te ardo por dentro
me envolvo no seu meio
te roço em pegadas fatais
serpenteio todo seu corpo
subo, desço em seus de-sentidos
te faço louco, teso
amo-te fêmea ou alada
faço-o queimar em chamas
disparo todo seu ritmo
d'um gemer sem dor sentir
de deixo dormente
entorpecente,
te viro pelo avesso
quebro suas juras
dou nó no celibato.
te ponho ao inverso.

É porque,
sei ter voce em mim.
Onde minhas duas hastes
é apenas, um convite.
De um libidinoso pode vir
e sempre me vem.

E por mais,
que tentes fugir
é à mim que sempre volta!
Não é?!
Geane Masago
(03-04-2013)

Nenhum comentário:

Postar um comentário