Geane Masago

Um espaço todo seu para puro deleite do leitor, aqui voce encontrará a poesia intimista. Seja bem vindo.

Wind love

sexta-feira, 12 de julho de 2013

PIR(*) ado gato e XI (Duo)

PIR(*) ado gato

de inicio rimava com au-au...
depois esganado da coleira, trela, e tal
baixa o ladrar; se ouve sussuro
grrr... miau; arf-fffssshhhh
e da' uma reboleira fatal
se expreme tudo... o corpo treme
ate' sair da coleira;  e afinal
do telhado, sob o luar
se ri em silencio... ou a miar
gato PIR ado, transa total
Paulo Serodio


Xi,
aqui é coisa
de grude de cola.
Pegou, grudou.
Não mais, largou.
E, ja era!
Geane Masago
(12-07-2013)

(*) PIR = ponto de Impossivel Retorno

2 comentários:

  1. Confesso que me fez rir... Adorei ler

    Bom fim de semana

    Fique feliz
    ************************
    Querendo, visitem-me

    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Não se preocupe Ricardo, coisa de dois poetas meio malucos, mesmo.. rsrsrs Bjão, obrigada!

    ResponderExcluir