Geane Masago

Um espaço todo seu para puro deleite do leitor, aqui voce encontrará a poesia intimista. Seja bem vindo.

Wind love

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Poema ao marujo

Poema ao marujo

Se sereia sou,
me faça mulher.

Na beira do mar
no meio da areia.

Me encoste nas pedras
me leve ao céus.

Isso...
Só voce meu doce marujo,
pode por mim, fazer!
Geane Masago
(06-08-2013

4 comentários:

  1. Bom dia

    Passo a fim de desfrutar da leitura de mais um poema cheio de amor e carinho.
    Lindo
    Deixo um abraço
    Fique feliz
    *****************************
    http://pensamentosedevaneiosdoaguialivre.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada amigo Ricardo por estar sempre a cá, em ler-me.. Bjão amigo!

      Excluir
  2. Assim como diz a lenda, todo homem se encanta com uma serei... As vezes adoraria ser uma sereia dessas e encantar pra sempre alguem... (rs*)
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois Ritinha basta querer, não é?! rs Obrigada amiga, bjão!

      Excluir