Geane Masago

Um espaço todo seu para puro deleite do leitor, aqui voce encontrará a poesia intimista. Seja bem vindo.

Wind love

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Mar de mim ______ A-mar

 
Mar de mim
_______ A-mar

No teu sal
me faço intima fêmea,
musa-sereia.

Viro do avesso
nado, abraço e trago,
inspiro, aspiro, respiro.

Volto p'ro começo,
driblo a poética
re-inventando a palavra.

Me vou sem trégua,
me dou sem medo.

Mesmo quando o mar
revolto ou, ameno!
GMasago
(13-11-2013 A

Nenhum comentário:

Postar um comentário